O infinito do teu olhar

Imagem de friends, grunge, and dark
Teus olhos verdes que me inspiram à compor lindas poesias que transbordam amorrr, hei de ser os mesmos que desejo admirar pelo resto de minhas vidas, a atual e as futuras, sem jamais desejar outros. Os mesmos olhos verdes que me encantam a cada manhã e que me fazem crer que a vida é muito além; pois são esses teus sedutores olhos verdes que me fazem insana e que me ferem, como nem um outro é capaz de fazer.

3 comentários:

  1. Que lindo o texto!
    Me fez lembrar de uma pessoa hehe
    E que ótimo que você vai voltar! Gosto muito do seu blog, e que layout amorzinho <3
    xoxo

    - ☯ Jupiter Moon ☽

    ResponderExcluir
  2. Que poder têm esses olhos! E as poesias que inspiram, a julgar por este parágrafo... belíssimas.

    ResponderExcluir
  3. Luce, seu blog provoca mais leveza do que o apalpar do vento numa tarde de verão. É leve e denso ao mesmo tempo, existem camadas suas pelas postagens, umas mais rígidas outras tão suaves quanto essa.
    Sortuda pessoa alvo de suas palavras tão belas e tão bem colocadas, simples e intricadamente apaixonada, quisera eu ser dona de olhos verdes e inspirar essa obra.
    Bem, se me der licença, irei aproveitar um pouco mais a estadia nesse seu jardim.

    Abraços, Mich.
    ✽ http://anoitecei.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir